Perante a tantas demandas e obrigações tanto para o síndico quanto para uma administradora de condomínio, fica difícil saber de quem são as obrigações. Separamos algumas responsabilidades do síndico e das administradoras, confira:

– Convocar as assembleias de condomínio

Síndico. Por ser responsável pela gestão condominial, é de responsabilidade do síndico convocar as reuniões anuais para deliberar assuntos de interesses dos condôminos tais como: Possíveis reajustes nas taxas, manutenções e problemas ocorridos.

– Promover manutenção periódica preventiva

Síndico. Garantir a segurança do condomínio e dos moradores é uma atribuição do síndico. Fazer a manutenção predial periódica preventiva, minimiza os riscos de acidentes entre outras coisas.

– Fazer a cobrança de condôminos inadimplentes

Síndico. Por causar um grande impacto financeiro no condomínio, efetuar a cobrança dos condôminos inadimplentes é um desafio realizada pelo síndico.

– Gestão de Recursos Humanos

Administradora. Questões trabalhistas como: contratação, demissão e pagamentos de funcionários, são responsabilidade da administradora de condomínio.

-Gestão financeira

Administradora. Esta atribuição é de responsabilidade da empresa contratada, ela realizará alguns serviços como tais: Emissão de boletos de pagamento da taxa condominial, previsão orçamentária para avaliação das principais despesas condominiais e planejamento anual dos gastos.

– Assuntos Jurídicos

Administradora. Para evitar demandas judiciais originadas de problemas como conflitos entre moradores e inadimplência, é necessário contar com uma administradora de condomínio que atue de forma preventiva com relação aos problemas corriqueiros no dia a dia de qualquer condomínio.

Lembrando que, todas essas atribuições algumas vazes pode ser realizada tanto pelo síndico quanto pela administradora, o importante é ter um bom diálogo entre ambos para que tudo flua em harmonia para todos.